EQUILÍBRIO EMOCIONAL
Equilíbrio emocional: o passo para alavancar a carreira20/3/2012 - RedImob 

 

Ter equilíbrio para lidar com as emoções é um dos segredos para os corretores de imóveis e profissionais que querem obter êxito nas negociações.

Conferencista, escritor, pós-graduado em RH e MBA emGestão de Recursos Humanos pela FIA, Ueda procura ressalta que, com as adversidades do dia a dia, determinados sentimentos podem afetar o clima organizacional e é importante saber lidar com estas situações

* Consultor e autor do livro “Competência Emocional - Quanto antes, melhor”, Minoru Ueda destaca a importância do equilíbrio das emoções no ambiente corporativo.

 

Equilíbrio emocional no trabalho e no momento da negociação. Você tem?

Aparentemente inofensiva, as emoções do profissional podem ter fortes influências na condução do trabalho e nas negociações. E para tirar de letra, é necessário o que se chama “Competência Emocional”. Conversamos sobre o assunto com o consultor organizacional Minoru Ueda, autor do livro “Competência Emocional - Quanto antes, melhor”, da Editora Qualitymark. Conferencista, escritor, consultor da Leme Consultoria, pós-graduado em RH e MBA em Gestão de Recursos Humanos pela FIA, Ueda procura mostrar em seu livro que, com as adversidades do dia a dia, determinados sentimentos podem afetar o clima organizacional e é importante saber lidar com estas situações.

Como o Sr. define “competência emocional?”

Competência emocional representa as entregas da inteligência emocional no nosso dia a dia pessoal e profissional, através do autoconhecimento, autocontrole, automotivação, empatia e habilidades sociais.

Ou seja, tudo começa com o nosso “auto” gerenciamento, para posteriormente relacionarmos com outras pessoas.

Por que os profissionais têm tanta dificuldade em lidar com o lado emocional no ambiente de trabalho?

Atualmente, vivemos numa busca de ampliar o nosso tempo. Os resultados deste processo é o surgimento do distress(mau stress) criando uma série de desafios emocionais. As mudanças são constantes e o ser humano necessita das competências “emocionais” para  equilibrar o seu tempo emocional e racional.

De que forma esta dificuldade interfere nas negociações?

Acredito que as emoções positivas (felicidade, alegria, prazer) impactam de forma fortalecedora nas negociações, e somente através da competência emocional – autoconhecimento - que o profissional cria estratégias para o seu aprimoramento e vislumbra uma forma mais fortalecedora. Assim, através deste processo o negociador inicia uma jornada de prática da empatia, colocando-se no lugar do seu cliente e procurando não pré julgar, criando assim uma sintonia emocional de parceria – do verdadeiro ganha-ganha.

Qual o papel das organizações neste processo? Como elas podem auxiliar os profissionais a manter esta competência emocional e alcançar os objetivos propostos?

Atualmente, muitas empresas reconhecem que o bom ambiente de trabalho retém os bons profissionais e que a felicidade é um diferencial competitivo. Desta maneira, através do desenvolvimento de programas que estimulem a prática do autoconhecimento e principalmente da empatia, é possível reverter a incomunicabilidade para uma situação de acolhimento do outro.

Que dicas o Sr. dá para os profissionais que buscam conciliar trabalho e o equilíbrio emocional?

Os primeiros passos nesta jornada é o autoconhecimento, perguntas como Quais os meus pontos fortes? O que gosto de fazer? E o que posso aprimorar? representam indagações que o levam a ser arquitetos das próprias emoções.

E é por meio do autoconhecimento que a competência emocional “empatia” vem à tona, pois através desta lógica empática, nos colocamos nos lugares das pessoas, tornando-nos mais humanos. Criando assim um ambiente de trabalho mais humano e mais equilibrado, estimulando assim o bom stress (eustress).

Desta maneira, o trabalho começa a ter um novo significado, não apenas para atender as nossas necessidades básicas, mas para a nossa autorealização, levando a certeza de que estaremos “fazendo o que gostamos e gostando do que fazemos”

 

Na íntegra:http://www.redimob.com.br/post/abfccb5e-a86c-45cf-9a3f-ec544284ebaf/topread

 
   
Principal
Conheça
Notícias
Parceiros
Links Úteis
Financiamento
CRECI RN
EQUILÍBRIO EMOCIONAL
FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO
 
18 de Agosto
06 de Janeiro
CORRETOR DE IMÓVEIS
06 de Janeiro
Regimento da profissão
 
 Newsletter
Cadastre seu e-mail e receba novidades exclusivas.
2354 Repita ao lado:
redesp_facebook.pngredesp_google_plus.pngredesp_instagram.png
icone-whatsapp 1
 
 
 

                                      
Rua João Pessoa, nº 198, Sala 708, Ed. Canaçu, Cidade Alta - Natal RN – CEP 59.025-500 
                                                   

Telefones: (84) 99815.9127 Whatsapp/ 98888.5371
                                  
E-mail: centralimoveiseservicos@hotmail.com                    

Responsável: Fábio Regino - CRECI: 4767 17ª Região RN.        

 

Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias